Compartilhe!
Share on Facebook27Share on Google+0Tweet about this on Twitter2Pin on Pinterest0Share on LinkedIn0

O Microempreendedor individual – MEI – está desobrigado da escrituração contábil, mas existem alguns casos em que o contador poderá ser um aliado no desenvolvimento do seu negócio.

 

Folha de pagamento

Na contratação de um funcionário, por exemplo, você irá precisar de uma assessoria contábil para processar a folha de pagamento. Será necessário emitir a guia do fundo de garantia, a guia do INSS, cuidar de questões como férias, décimo terceiro, etc.

É muito importante você ter assessoria de um escritório contábil para que as questões trabalhistas da sua empresa fiquem em dia.

 

>> Não corra riscos! Ainda tem dúvidas sobre abertura de empresa? Clique aqui para falar com a gente!

 

Elaboração do imposto de renda pessoa física

Você vai precisar de uma assessoria contábil para te ajudar a fazer a transferência da renda do seu Microempreendedor Individual para sua pessoa física.

Existe um princípio fundamental da contabilidade que se chama Princípio da Entidade que diz que o patrimônio da empresa não pode se confundir com o patrimônio do sócio.

É muito comum, para pequenos empresários, especialmente os Microempreendedores Individuais, entender que o patrimônio é uma coisa só. Isso é um erro. Então, na hora de você fazer a transferência, pegar o recurso do seu MEI e transferir para seu CPF, você vai precisar de uma assessoria contábil na elaboração do seu imposto de renda pessoa física.

 

Emissão de notas fiscais

Embora o MEI esteja desobrigado da emissão da nota fiscal quando presta serviço para pessoa física, a lei determina que ao prestar serviço para outra empresa, a nota fiscal seja emitida.

E uma assessoria contábil poderá dar a orientação que você precisa para emitir a sua nota fiscal de forma correta.

 

Enquadrar o seu MEI a um novo regime tributário

É aquele momento em que sua empresa cresceu, seu Microempreendedor Individual evoluiu e você precisa transformar o MEI em uma ME (Microempresa).

Essa transformação vai precisar de um escritório especializado que possa converter o MEI em uma ME.

O regime tributário é diferente, a forma como você se relaciona com o governo federal é diferente, você tem novas obrigações fiscais e o escritório contábil vai assessorá-lo nessa nova fase da sua empresa.

 

 

[Vídeo] Microempreendedor Individual MEI é obrigado a contratar contador?
5 (100%) 2 votos
Compartilhe!
Share on Facebook27Share on Google+0Tweet about this on Twitter2Pin on Pinterest0Share on LinkedIn0